Home   >   notícias   >     >   Paciente do Hospital de Câncer de Barretos fala sobre sua rotina de tratamento de linfedema

Paciente do Hospital de Câncer de Barretos fala sobre sua rotina de tratamento de linfedema

Postado em: 30 de julho, 2015

DSC_5429Há quatro anos, Elizabeth Couto Correia incorporou com bom humor a rotina de frequentar o Hospital de Câncer de Barretos, interior de São Paulo, para combater o câncer de mama diagnosticado e tratado no hospital de referência, 100% SUS, do país.

Morando a 50 km de distância da instituição, na pequena cidade de Severina, Elizabeth afirma que não se importa com o trajeto diante do benefício obtido com o tratamento de linfedema, ao qual se submete desde novembro de 2014 no setor de fisioterapia.

“Estou vendo uma solução para o meu problema: a minha dor diminuiu e o inchaço do braço também, o que já me permite pentear os cabelos”, comemora a paciente acompanhada pelo especialista em linfedema, Almir Sarri, que é fisioterapeuta há 27 anos, 20 dos quais no Hospital de Câncer de Barretos.

“Aqui, todo o tratamento é muito bom, mas vi ainda mais melhora depois que comecei a fazer a massagem na maquininha”, diz a paciente ao se referir à bomba de compressão pneumática intermitente Bio Compression.

A rotina de tratamento de Elizabeth e de mais15 pacientes (média diária) que utilizam o Bio Compression e passam pelo ambulatório com linfedema, inclui uma seção de fisioterapia em grupo e outra, de 20 minutos, de drenagem linfática com o dispositivo por compressão pneumática. Outro destaque é o enfaixamento compressivo, além das braçadeiras de compressão elástica oferecidas gratuitamente a quem necessita.

Artigo salvo em: